Tempo de Deus X Tempo dos Homens

2º Co 6 “ Como cooperadores de Deus, insistimos com vocês para não receberem em vão a Graça de Deus. Pois Ele diz: “Eu o ouvi no tempo favorável e o socorri no dia da salvação (Is 49.8)”

Digo-lhes que agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação”

 

Este é mais um texto do evangelho onde Deus nos chama claramente a tomarmos uma atitude: Alinharmos nas fileiras de seu exército pois estamos na reta final da batalha contra as trevas.

Percebemos também aqui o poder da Graça de Deus sobre nós. Antes mesmo de compreendermos o que é a graça, já fomos escolhidos pelo Senhor a sermos diferentes e a fazer diferença em favor da Luz. Amado, não receba em vão tamanha Graça. Jesus em momento de nossa existência, nos chama a fazer parte de seu reino.

“Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele e ele comigo” (Ap 3:20).

 

O nosso tempo de fazer a obra de Deus é AGORA, mais do que nunca. Não sabemos o que nos sucederá amanhã; fazer parte desse exército é servir a um comandante que zelará com todos os recursos para que saiamos vencedores. Creia nisso! Guerrear a favor de Deus é decretar o fim do medo em sua vida. Que pode subsistir à ira de Deus?

 

Deus usará o nosso passado e o nosso presente para que possamos servi-lo com o nosso futuro.

Em Atos 9-12:16 o Senhor diz:

“E numa visão ele viu que entrava um homem chamado Ananias e punha sobre ele a mão, para que tornasse a ver. E respondeu Ananias: Senhor, de muitos ouvi acerca deste homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém e aqui tem poder dos principais dos sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.

Disse-lhe, porém o Senhor: Vai9, porque este é para mim um vaso escolhido para levar o meu nome adiante dos gentios e dos reis e dos filhos de Israel. E Eu lhes mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome”.

 

Nesta passagem vemos como Deus honrou um homem que não tinha nenhuma honra perante Ele, dizendo simplesmente: “Vai porque este é para mim um vaso escolhido”.

Se Deus fez isso a um perseguidor incansável de sua Igreja, então é possível a qualquer pessoa ser totalmente transformada pela Sua Graça e usada tremendamente para Seu propósito.

 

Façamos uma pergunta: O que você já possuía anteriormente, algum talento, característica pessoal, etc. que Deus tenha usado para você servi-lo?

 

Há o tempo em que é necessário que alguém morra para que outro possa viver.

Se você pode ler o evangelho agora, é porque os mártires da Igreja primitiva deram suas vidas para que ele pudesse ser divulgado aos quatro cantos do mundo.

È interessante observar quantas coisas na natureza, para produzirem resultado, precisam morrer antes. Algumas sementes são assim; até quando você se machuca, poderá observar essa lei. Só depois que a ferida cicatriza, ou seja o tecido atingido morre, é que o novo surge, se manifesta.

Alguns cristãos passam a vida olhando só para a “casquinha” cicatrizada, são incapazes de retirá-la para ver a nova que nasceu.

 

Afinal, porque estamos falando tanto de tempo?

Porque é dele que a vida é feita. A sua história está sendo escrita aqui na Terra, através dele.

 

Quais diferenças podermos notar entre o tempo de Deus e o tempo dos homens?

  1. 1.    O tempo de Deus visa cumprir um propósito divino.

Ec 8.6 “Porque para todo propósito há tempo e modo; Porque o mal do homem é grande sobre ele”.

Em Mt 26:18 o Senhor diz: “E ele disse: Ides à cidade a um certo homem e dizei-lhe: O Mestre diz: O meu TEMPO está próximo; em tua casa celebrarei a Páscoa com os meus discípulos”

Em Ap 1:3 “Bem aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia e guarda as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo”.

 

  1. 2.    O tempo de Deus jamais é desperdiçado.

Tudo na natureza ocorre no tempo certo, que é o tempo de Deus. Não existe nenhum atraso ou desperdício dele.

Jô 13:33 “Olhai, vigiai e orai, porque não sabeis quando chegará o tempo.

 

  1. 3.    O tempo dos homens visa somente seus próprios benefícios.

Vemos isso claramente no modo como a ciência evolui.

Existe uma clara tendência em se fabricar ou descobrir processos que gerem cada vez mais conforto pela rapidez com que trabalham.

Podemos citar o papel dos robôs na indústria automobilística, a diversidade de alimentos semi-prontos, o controle remoto dos equipamentos como TV’s, etc.

 

Afinal de contas, quem hoje gosta de esperar por alguma coisa?

Por: Marco Aurélio

 

 

 


%d blogueiros gostam disto: